sábado, 16 de março de 2013

fome




enquanto me sorris
há um fruto nos teus ramos
a madurar carmins
e a querer-me a boca proibida
-
encanto a serpente e me condeno:
quero voltar à terra prometida.

Sem comentários:

Enviar um comentário