terça-feira, 22 de novembro de 2011

Esquecimento


escapo-me entre os teus dedos,
numa fluidez de pele incandescente
enquanto o meu beijo desce
e o desejo cresce
e o teu corpo esquece
o que a boca não diz.
nem é preciso.
sei que és feliz.